• sexta-feira , 3 julho 2015

Ubuntu para Android transforma seu smartphone em um Desktop PC


O fundador da empresa da Canonical, responsável pelo Ubuntu, Mark Shuttleworth, confirmou nesta quarta-feira (22/02) em seu blog que vai lançar o Ubuntu for Android, uma versão do sistema operacional que permite conectar seu smartphone a um dock especial com saída USB e HDMI, além de um monitor. Esta versão transforma seu smartphone em um Desktop PC, assim, será possível utilizar o seu dispositivo Android como se fosse um computador desktop.

O Ubuntu for Android permitira que aparelhos sejam ligados a monitores, teclado e mouse.

Para entender melhor esta funcionalidade, assista ao vídeo abaixo.

 

O projeto é um dos mais interessantes envolvendo celulares inteligentes e a plataforma Android. A Canonical vai tirar proveito dos novos processadores multi-core que estão chegando no mundo móvel e, assim, transformar dispositivos Android em verdadeiros PCs capazes de navegar na internet, editar documentos, acessar e-mails, escutar músicas, assistir filmes e enviar SMS ou atender ligações como se estivéssemos usando um smartphone.

O programa funciona como um add-on para o sistema Android, que também é baseado em Linux. Quando conectado a um tela de computador, teclado e mouse, o software abre um ambiente desktop completo baseado na “carcaça” do Ubuntu Unity.

 


O Ubuntu for Android já virá com um pacote básico de programas (Thunderbird, Chrome, VLC Player, GoogleDocs e outros), mas você poderá instalar qualquer outro arquivo disponível para o sistema desde que haja espaço na memória no celular. Dessa forma, é como se você levasse seu computador para qualquer lugar, no seu bolso, e é justamente essa a proposta da Canonical ao desenvolver o programa.

Entre outras funções citadas no site do Ubuntu, você poderá também acessar ou editar o caléndário ou sua agenda de contatos, além de verificar seus perfis no Facebook, Twitter e outras redes sociais.
Para ser executado, o Ubuntu for Android vai exigir um smartphone com processador dual-core de 1GHz, 512MB de memória RAM, 2GB de armazenamento livre, saída HDMI e aceleração de vídeo.
Na teoria, qualquer aparelho top de linha lançado em 2011 já se encaixa nesses requisitos.
Com essa tecnologia, as organizações poderiam, em vez de dar um computador para um novo funcionário, simplesmente entregar a ele um telefone, que poderia então ser usado em qualquer local de trabalho do profissional, diz o executivo da empresa. As potenciais vantagens apontam para uma redução de custos e a falta de dependência de conectividade com a rede da companhia.
A nova plataforma da Canonical ainda não está disponível para o público em geral.
A empresa demonstrará o Ubuntu para Android, durante o evento Mobile World Congress 2012, (MWC), que começa na semana que vem, em Barcelona (Espanha).

 

 

Artigos relacionados

2 Comentários

  1. Ubuntu para Android transforma seu smartphone em um Desktop PC « Webmundi
    24/02/2012 as 11:28 - Responder

    […] Ubuntu para Android transforma seu smartphone em um Desktop PC. […]

  2. Leandro
    25/05/2012 as 12:54 - Responder

    Seria legal se a microsoft fizesse o mesmo com windows 7… Senão no android mas pelo menos no wp7.